segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

O "Guia da Arquitetura Moderna em Fortaleza (1960-1982)" é resultado do esforço de sistematização e síntese das pesquisas já realizadas, bem como da ampliação e atualização da documentação acerca do acervo da arquitetura modernista local . A elaboração do Guia compôs o projeto de pesquisa contemplado com Auxílio Financeiro do Programa Jovens Pesquisadores PJP Edital 07/2012 da FUNCAP (Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico) coordenado pelo Prof. Dr.Ricardo Paiva e produzido em parceria com a Profa. Dra. Beatriz Diógenes.

A atividade faz parte das ações do LoCAU(Laboratório de Crítica em Arquitetura, Urbanismo e Urbanização) do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará (UFC) que tem como objetivo a realização de estudos e pesquisas sobre a produção e o consumo do espaço na contemporaneidade, à luz de uma perspectiva crítica e histórica das manifestações socioespaciais da arquitetura, do urbanismo e da urbanização.

Os guias de arquitetura são aportes instrutivos que orientam pesquisadores e visitantes sobre aspectos fundamentais da produção da arquitetura de um determinado lugar, ao oferecer condições mínimas de conhecimento do patrimônio edificado e proporcionar possibilidades distintas de informação e interpretação da obra, assim como sua inserção espacial e temporal.

A relevância desta pesquisa se sustenta em dois aspectos essenciais: por um lado, a historiografia da arquitetura moderna, de certa forma, alijou as manifestações modernistas periféricas, deixando um campo de estudo vasto para os pesquisadores locais, que já têm se dedicado à pesquisa, documentação e divulgação deste acervo arquitetônico, de importante valor patrimonial; por outro lado, muito do legado da arquitetura moderna de Fortaleza tem sido gradativa e aceleradamente destruído em decorrência da dinâmica socioespacial da Metrópole, sem que existam registros de grande parte destes bens materiais de interesse de preservação.

O estudo e a documentação da contribuição dos primeiros arquitetos à arquitetura moderna em Fortaleza, através da sua obra construída, colaboram para a valorização e preservação deste legado e possibilitam a produção de conhecimento sobre a arquitetura e a cidade no Ceará, por intermédio da escrita de sua história e, como consequência, servem de subsídio para o ensino, a pesquisa e a extensão sobre a arquitetura e urbanismo no âmbito local e regional.

Esta versão digital do Guia da Arquitetura Moderna em Fortaleza (1960-1982) é uma espécie de amostra de exemplares importantes do modernismo arquitetônico na Cidade, cabendo salientar que não abrange toda a produção, seja pelo recorte temporal, definido desde a década de 1960 até 1982, (data do livro Panorama da Arquitetura Cearense publicado pela Revista Projeto), seja pelas limitações da pesquisa, além do fato de muitas obras já não mais existirem.


Pretende-se que este Guia possibilite a divulgação da arquitetura moderna produzida  em Fortaleza, suscitando ainda o aprofundamento de alguns temas correlatos e abrindo fóruns de debates sobre a valorização, documentação, preservação e conservação do patrimônio moderno no Norte e Nordeste do Brasil.